Redes Ciclo e IFES


Aprimoramento

Informações Gerais:


A solicitação de aprimoramento deve chegar a UFRN através de tarefa do iProject.

Veja o fluxo de aprimoramento.

Quando a UFRN assume um aprimoramento?



Precisa de um aprimoramento, como proceder?

Fluxo de solicitação de aprimoramento

  1. Os analistas da intituição parceira devem analisar o módulo (documento de negócio, especificações, manuais e navegação no ambiente de cooperação) e solicita os ajustes que achar necessário através do iProject.
  2. Toda tarefa do tipo aprimoramento deve verificar as questões:
    1. Existe legislação associada?
    2. O módulo está em processo de implantação ou implantado?
    3. Justificativa com solicitação completa com dados, caminho, Printscreen.
    4. No caso de um novo relatório, identifique os filtros que serão utilizados e os dados que o sistema deve retornar, com um modelo em .doc.
  3. UFRN responde a tarefa informando se vai atender ou não a solicitação.  
    1. No caso de existir uma legislação associada que obrigue a todas as instituições a se adequarem, a UFRN se comprometendo com o desenvolvimento.

 

Quando a parceira desenvolve alguma novidade?

Quando a Parceira assume um aprimoramento?

  1. Ao realizar adaptações dos sistemas, de forma a otimizar seu uso em conformidade com as suas necessidades específicas e submeter obrigatoriamente à aprovação da UFRN para se verificar a possibilidade de incorporação ao Repositório de Referência, assegurados e mantidos os direitos de cópia (copyright).
  2. Caso a instituição desenvolva novas funcionalidades/módulos no sistema?
  3. A Instituição deve abrir tarefa no iProjectdo tipo "Notificação de Aprimoramento" informando:
    1. Versão do sistema
    2. O módulo está em processo de implantação ou implantado?
    3. Descrição da funcionalidade com o caminho no sistema.
    4. Disponibilizar código e documentação.


Principais status das tarefas para as instituições parceiras:

 

Veja como uma tarefa tramita dentro do iProject.

  • Aberta: Tarefa criada pelo solicitante. É necessário que se tenha simulado o problema no ambiente de cooperação (cooperacao.info.ufrn.br).
  • Pendente de Análise Técnica: Tarefa visualizada pelo consultor de negócio. Na análise o consultor irá simular o problema nos ambientes da UFRN e irá encaminhar para o coordenador da equipe de desenvolvimento. Caso o problema relatado não ocorra nos ambientes internos da UFRN (produção, homologação, desenvolvimento ou testes), deve ser repassada ao consultor técnico do sistema em questão para avaliação e verificação no ambiente de cooperação.
  • Em desenvolvimento: A tarefa foi encaminhada para um desenvolvedor iniciar a correção.
  • Aguardando Retorno: A equipe da UFRN precisa de alguma resposta do solicitante. A tarefa ficará parada até o atendimento pela parte do solicitante.
  • Em produção: O problema descrito na tarefa foi resolvido e enviado para o ambiente de produção da UFRN.
  • Concluída: A correção da tarefa foi disponibilizada para as instituições parceiras em uma nova versão. O solicitante atualiza para a nova versão e verifica se o problema foi solucionado.
  • Finalizada: O problema foi solucionado.
  • Reaberta: O problema não foi solucionado e é criada uma nova tarefa.